sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Imagine com Harry Styles (HOT) 9

Notas Iniciais :
Esse imagine a principal se chama Bruna (porque foi um pedido que me fizeram haha’) , mas isso não impede vcs de se imaginarem como protagonistas okay?
A personagem é Belieber (pois ér, e o Harry não é famoso e nem da 1D), tomara que a Bruna goste do Justin.
Bom, acho que é só isso. Boa Leitura! xx
tumblr_mckfm0mZ8x1rolmrho1_500_thumb
Essa minha caixa contém os meus maiores segredos. Como toda Belieber é legal você declarar o seu amor pelo seu ídolo, e eu já fiz isso várias vezes. Já escrevi muitas cartas pro Justin, e todas elas são enormes. Uma gringa já até me passou o endereço dele, mas como todos os outros, sempre falsos. E aí elas ficam guardadas aqui em casa, esperando a hora certa em que outra pessoa que não seja eu leia.
Aqui, eu tenho uma agenda muito particular. Ela é de capa preta com um B prateado no meio, pode ser B de Bieber, de Belieber, de Bruna, enfim. Tem vários significados. Só que não são cartas que eu escrevo aqui, são alguns imagines… Hot’s pra ser mais direta. Eu levo ele comigo pra onde eu vou, sempre do meu lado porque minha mãe já tentou pegar e se ela lê eu tô completamente encrencada. Aqui tem várias mensagens, minhas amigas Beliebers já escreveram aqui também, eu sempre escrevo algum imagine, tenho a mente bem criativa. Principalmente quando eu tô na escola, mas agora não dá porque o Harry tá aqui perto, não posso confiar nesse menino.
-O que você tanto escreve aí hein Bruna? É um diário? Será que eu posso ler? – ele me disse com um olhar curioso.
-Não é nada demais, e você não pode ler. Não se atreva.
-Hmm, se eu quiser eu leio hein? Não me subestime.
Ele saiu de perto com um sorriso ameaçador, sério esse Harry é muito esquisito. Eu não confio nele, ele é um dos mais bagunceiros da sala e um dos mais pegadores do colégio. Óbvio ele é bonito, quem não pegar ele é uma anta. Tipo eu.
A última aula chegou, eu tava super animada porque era Educação Física, então eu não participaria (como sempre) e escreveria meus loucos sonhos com meu Bieber. Mas pra minha surpresa:
-Bruna, hoje você vai participar da aula. Pode guardar esse seu caderninho aí e vir alongar com a gente – a professora me disse.
-Mas professora, eu…
-Não tem mas Bruna, vai vir e tá acabado. Anda logo!
Eu fiquei com muita raiva da Raquel, poxa ela sempre me deixa de fora e agora vem exijir que eu participe? Tudo bem, eu vou guardar meu diário e em casa eu termino. Tive uma ideia maravilhosa e não posso deixar escapar.
Jogamos vôlei a aula inteira. Bem chata essa aula, pra ser mais sincera. Eu e as meninas fomos pro vestiário e a Elis me acompanhou até em casa. Eu queria chegar em casa logo pra poder continuar a escrever, quando eu não escrevo o que eu quero fico muito agoniada. Nos despedimos rápido, mas antes eu tive que prometer que deixaria ela ver o Imagine, promessa feita, entro em casa, subo correndo as escadas, quarto, cama, mochila… Procuro, procuro… CADÊ O MEU CADERNO?
Eu tirei tudo de dentro da bolsa, MEU CADERNO NÃO TÁ AQUI! Eu entrei em desespero na hora, desci as escadas correndo e indo na rua pra ver se não caiu por lá, nada! Entrei em casa de novo, gritando e berrando, ainda bem que só tinha eu lá. Não acredito, é só eu sair de perto da minha bolsa que já consigo perder… Espera aí, alguém deve ter pegado, só pode ser!
Fui ligar pras meninas, vai que alguma delas pegou e esqueceu de me entregar, não sei.
UMA NOVA MENSAGEM!
Aí, é uma delas, graças a Deus!
“Eu peguei o seu caderno. E eu já li. Se quer ele de volta, vem buscar aqui na minha casa, aqui tá o endereço.
xxxxxxxxxxxxxx De seu amigo, HARRY.”
Eu não acredito que esse puto pegou o meu caderno! E ele leu meu Deus que vergonha! E agora, e se eu não for pegar? É bem capaz dele publicar exemplares, dele eu não duvido nada. Calma Bruna, você vai lá, pega o caderno, pede segredo e pá. Problema resolvido, e pra não complicar nem fica brava por ele ter roubado o seu maior dengo de você. Ok.
“Que horas eu posso ir buscar?” – respondi o mais fria possível.
Tava impaciente pela demora na resposta, até que:
“À noite, porque eu vou sair agora. Te vejo às 19:00 X”
Como é que é? Fumou maconha só pode, vou ficar o dia inteiro sem o meu querido caderno que tá na mão de um garoto esquisito da minha sala e que agora sabe que eu não sou a santa que todos pensam? Palmas pra você Bruna, sua idiota.
Eram 13:59 agora. Vamos esperar até 19:00 hrs. Harry fiho da puta.
O dia demorou demais pra acabar, caramba eu tô pirando sem o meu caderno mas que droga! Minha mãe chegou e eu já avisei que ia sair pra num ter confusão e ela num pagar de louca falando que não dá pra eu ir, porque se ela fizer isso eu me jogo da janela, sem zoar. Ela liberou, já é 18:30 e eu já tô pronta. Fui andando logo porque o quanto antes eu chegar em casa, com o meu lindo e adorável caderno melhor pra mim. A casa dele nem é tão longe, hm é bonita até. Toquei a campainha, a porta abriu:
-Oi… – ele estava ali, parado na minha frente, com um sorriso malicioso, ah claro tá achando que eu sou a rainha das putas, a princesa maníaca ou seja lá o que for.
-Meu caderno. Cadê? – disse com pressa.
-Calma, entra, aí eu te pergunto se você quer alguma coisa, vc responde, eu te sirvo, conversamos, devolvo o caderno, nos despedimos aí você vai – ele disse sério.
-Deixa de zoar com a minha cara garoto, ou eu entro nessa sua casa e armo o maior barraco pra tua mãe e a vizinhança inteira ver!
-Minha mãe nem tá, e meus vizinhos viajaram. O tiozinho daqui do lado mais tá na rua do que em casa. E aí?
Eu bufei e ele riu.
-Entra, não quero te deixar do lado de fora.
Ele me deu passagem e eu entrei. Me pediu pra eu subir lá no quarto dele com ele e eu fui, meu caderno finalmente!!!
-Agora precisamos conversar… – ele me olhou sério, mas eu percebi uma safadeza naquela voz rouca.
-Fala. – eu disse.
-Você é virgem? – ele perguntou.
-Por que você quer saber? – disse irritada.
-Me responde?! É ou não é?
-Sou. E daí?
Ele sorriu mais safado ainda. Fiquei com medo.
-Te devolvo seu querido caderninho com uma condição. Você aceita?
-Como vou afirmar se eu não sei qual é a condição?
-Você faria de tudo pra tê-lo de volta não faria?
-Tudo o quê? – agora eu me assustei.
-TUDO.
-Faria, o que você quer?
-Quero alguns privilégios.
-Hm, quais?
-Tirar a sua virgindade. Pode ser?
Eu gargalhei.
-Cara você tá drogado só pode! Pode ser o caramba, sai pra lá! Então devolve o caderno aí que eu tô com pressa…
-Você não entendeu? Só sai daqui com o caderno, consequentemente só sai daqui com o caderno se eu te comer.
-Ai garoto olha como você fala!
-Você escreve bem sabia? Me deixou bem excitado… Tenho ideias loucas pra nós dois…
-Você só pode tá brincan… – fui interrompida por um beijo “desentupidor de pia” que ele me deu. Hum ele tinha gosto de menta, isso é excitante.
-Harry você é louco – disse ainda agarrada com ele.
-No momento… Louquinho por você.
Ele me agarrou de novo, dessa vez me deitando na cama, ficando por cima de mim mas logo se levantando e abrindo uma gaveta, fiquei sem entender nada:
-Gostei daquela ideia de objetos… Gosta desse? – de lá da gaveta saiu um… CHICOTE. Puta que pariu.
-Como assim, você vai querer usar… Um chicote?
-Se fosse o Justin você deixaria ele te chicotear não deixaria? Vou realizar um de seus desejos Bruh…
-Se você levar tudo o que está escrito no meu caderno ao pé da letra eu vou sair daqui muito mais do que arrombada!
-Arrombada eu não sei, mas que eu vou te alargar, isso vai ser inevitável.
-Harry é sério, eu só quero o meu caderno… Só isso – fiz cara de choro.
-Não chora Bruna, você não é santa e não tenta me enganar. Vamos lá, vai ser gostoso eu garanto…
-Que você é gostoso eu sei mas cê num acha que tá se aproveitando da minha inocência?
-Inocência? A partir do momento que você anda pra cima e pra baixo com um caderno de pornografia isso não é mais inocência – ele novamente se deitou em cima de mim, eu o agarrei num beijo calmo e lento, logo depois separando os nossos lábios:
-É a minha primeira vez, não quero brutalidades…
-Tudo bem. Primeiro, tiro a sua virgindade, depois, um segundo round com uso de objetos. Topa?
-Você é irredutível mesmo né?
-Pra você só tem esse tamanho.
-Por que quis tanto saber o que eu escrevia? Cara eu sou uma nerd Belieber e fico no meu canto, e só…
-Porque vc é a única da sala que eu ainda não peguei. Digo, a única gata da sala que eu ainda não tinha pegado…
-Gata? Ah Harry, mas por que o interesse pelo meu caderno? MEU caderno!
-Eu achei que fosse um diário. Se num fosse nada demais colocaria de volta nas suas coisas sem ninguém perceber, mas quando eu li… Pude conhecer o seu outro lado, e esse me deixou com fome… De vc.
Suas mãos começaram a me acariciar deixando minha pele arrepiada, eu estava sensível aos seus toques. Ali estava eu e o Harry, ele pretendia realizar os meus sonhos de Belieber e eu tenho certeza que vai ser bom por que posso falar uma coisa? Esse menino é uma delícia, ah fala sério, a noite da mãe dele com o pai dele foi bem produtiva…
Quando eu voltei a lucidez, meu corpo já não tinha mais camiseta, a calça acabou de ser tirada, sapatilhas no chão, ele sem camiseta (ô Deus vô morrê), seu corpo quente encostado no meu, beijinhos no pescoço, isso é uma sensação maravilhosa.
-Você é esperto Harry – virei nossos corpos ficando em cima dele – Roubar meu caderno pra ler as minhas coisas, e de quebra ainda me fazer transar com você…
-THIS – ele respondeu – Vc entendeu direitinho.
-Vou usar esse seu corpinho sarado… Pode?
-Claro linda, fique à vontade…
Num movimento rápido a calça dele foi parar do outro lado do quarto, agora a boxer preta que cobria a enorme Stylesconda. Me assustei com o tamanho, ele riu.
-Não precisa ter medo, ela não morde.
-Mas eu posso morder não posso?
-Vc nem se… Ai! Garota vai com calma aí, isso dói!
Eu dei uma mordidinha de leve, nem doeu tanto, aposto. Continuei com um boquete e movimentos de vai e vem, ele já estava bem excitado e começou a gemer quando comecei o trabalho com a língua.
-Isso Bruh, continua… Isso, anw…
Eu estava muito excitada com o tal ato. Não é todo dia que eu tenho o HARRY numa cama, gemendo com algum toque meu, e mais, prestes a tirar a minha virgindade, coisa que só no meu caderno aconteceu, ainda por cima com o Justin. Ok mas confesso que na realidade tá bem melhor, e isso é ótimo.
-Para Bruh, para… – ele implorava, o que deu a entender que o seu orgasmo estava perto.
-E então o que achou? – eu perguntei.
-Imagines Hot’s fizeram você criar experiência – ele respondeu ofegante.
-Besta. Não acha que deve retribuir? – sorri maliciosa.
-Acho sim, e muito – ele com uma facilidade incrível tirou o meu sutiã lentamente, olhando nos meus olhos e sem perder o contato abocanhou o meu seio esquerdo, fazendo com que o contato da sua boca quente com a minha pele me causasse mais arrepios, sua mão foi descendo para a minha cintura, mais e mais até encontrar o elástico da minha calcinha e puxá-lo para baixo, eu terminei de tirá-la o ajudando, novamente ele estimulou o meu seio esquerdo e depois o direito, deixando os meus biquinhos arrepiados e endurecidos, era uma sensação nova que eu estava sentindo, que eu nunca imaginei que o Harry fosse capaz de me proporcionar, e isso tornava tudo o mais inusitado possível.
-Harry por favor vai logo… – eu tentava fazê-lo parar de me excitar e começar o que ele tanto ansiava.
-Calma Belieber, mas ainda falta uma coisa.
- O que? Anda logo"!
-Isso – ele arreganhou as minhas pernas e começou movimentos perfeitos com a língua, que aumentavam e diminuiam a velocidade, me deixando louca. Quando os meus gemidos ficaram mais altos, ele percebeu que deveria parar, pois o meu ápice estava próximo. Acho que ele entendeu bem que eu não queria gozar pela primeira vez apenas com preliminares. Tem que ter ALGO A MAIS.
-Acaba logo com isso por favor… – eu pedi ofegante.
-Ok, eu também quero começar logo.
-Então vai – ele rapidinho pegou uma camisinha e se posicionou sobre mim, com um movimento lento ele começou a me “invadir”, o que me causou um suspiro. Quando eu percebi ele começou a aumentar os movimentos, eu estava acostumando, um pouco mais rápido, eu já não sentia tanta dor e acabei pedindo velocidade, agora gemíamos bem alto o que me assustou um pouco, afinal não existem apenas eu e ele no mundo.
-Bruna… Eu vou... Chegar lá… – ele pronunciava com dificuldade.
-Só mais um pouco… Isso…
-Bruuna anw… – ele chegou ao seu limite, e logo depois eu também, gemíamos o nome um do outro, quando eu escuto um barulho de porta.
-Minha mãe Bruna, se esconde!
-Você não tá falando sério né?
-É sério se ela te pega aqui eu tô ferrado vai pro banheiro!!!
Eu levantei correndo e meu coração disparou de tanto medo. Do jeito que ele falou a mãe dele podia ir falar com a minha e eu te garanto que não seria uma conversa “amigável”, pois é. Aproveitei e peguei minhas roupas no chão e comecei a me vestir, me olhei no espelho meu Deus que juba de leão é essa? Nossa, antes eu era a Bruna Virgem com um caderno do Bieber, agora eu sou a Bruna não virgem sem o caderno do Bieber – que evolução.
-Vem, ela saiu – ele abriu a porta do banheiro e me avisou.
-Meu caderno – eu exiji.
-Esqueceu que falta o segundo round?
-Você não tá falando sério né?! – eu disse indignada e quase gritando.
-Quieta, se minha mãe te pega eu tô frito!
-Era bom que ela te fritasse mesmo – dei um soco no braço dele.
-Me diz, o que achou da minha “potência”? – ele sorriu.
-Quando vc vai me devolver meu caderno? – insisti.
-Amanhã, mas vc tem que vir aqui de novo… Ou eu vou na sua casa.
-Hm, aí tem o segundo round e pronto! Me livro de vc, ok.
-Quer se livrar de mim tão depressa? Sei coisas muito ruins a seu respeito.
-É uma ameaça?
-Como quiser.
-Também sei coisas a seu respeito. Você é um puto.
-Que seja. Mas eu não era uma garotinha quieta e inocente, era?
-Tá você POR ENQUANTO venceu. Mas, como eu vou embora? Não posso dormir aqui.
-Eu adoraria.
-Eu sei… hahah
-Convencida…
Roubei um beijo naquela boca perfeita e macia, e arrisquei pular a janela.
- Ta louca? Minha mãe deve tá tomando banho, sai pela porta…
-Okay HARRY SAFADYLES. Tchau.
Ele segurou o meu braço e me virou para me dar um beijo de despedida, bem demorado por sinal.
-Chega. E eu só não levo o meu caderno agora porque eu tô boazinha…
-Porque você quer o segundo round. Vc amou minha potência.
Dei um sorriso e me afastei dele, desci as escadas e saí rapidamente daquela casa, já era tarde e concerteza o FBI já tava lá em casa. Cara que vida loka essa minha? Nem acredito que isso tudo aconteceu.
E ESTOU ANSIOSA PRO SEGUNDO ROUND. MUITO ANSIOSA.
~~

E vc q acabou de ler deve tá tb kkkk amanha tem continuação, pk senao eu nunca ia terminar isso aki hehe, amanhã é bem mais interessante porque vai ter OBJETOS haha’
Malikisses e até amanhã uhu.u

9 comentários:

  1. Obriigado mesmoo
    eu adorei o imagine super ansiosa aqui!!! xoxo
    by: Bruna Styles :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg Amora! Amanhã tem continuação! xoxo

      Excluir
  2. Tipo tem nome de outra garota e eu sou dificil com o nome dos outros tipo tu ta la no rala e rola com o cara e ele geme o nome de outra é estranho, mas teu imagines são tão fodas que eu leio com nomes de outras são viciantes ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é porque esse foi especial Amora, os que eu costumo fazer ou eu falo "VOCÊ" ou eu ponho (S/N), e obg pelo elogio *-* ♥

      Excluir
    2. que nada amore, mas você sabe como fazer banner tipo eu to em panico eu quero fazer mas não sei burrice, magina

      Excluir
    3. Não é difícil Amora, mas fica difícil explicar né? Me diz quais são as suas dúvidas...

      Excluir
    4. Simples eu não sei qual o programa, nem sei como fazer esse é o problema kkkkkkk cara se eu soubesse, mas não tenho que nascer jumenta forever kkkk tipo eu quero saber qual programa o resto me viro eu metida e sei mexer só não sei qual o programa

      Excluir
    5. É o PhotoScape flor e é super fácil! tenta lá ;)

      Excluir
  3. Eu amei você é fantástica

    ResponderExcluir

[Opinião não é sinônimo de ofensa, portanto os comentários ofensivos serão automaticamente excluídos]